Calendário do semestre letivo 2015.2

27 de julho de 2015

Disciplinas2015.2

CALENDÁRIO DE MATRÍCULAS Semestre 2015.2

15 de julho de 2015

MATRÍCULA ON-LINE:

Período: 27/07/2015a 29/07/2015 (segunda e quarta-feira)

Validação pelos orientadores

Período: 30 e 31/07/2015 (quinta-feira e sexta)

ALUNOS ESPECIAIS

INSCRIÇÕES NA SECRETARIA DO PPgEM

Inscrições

Período: 27 a 30/07/2015

Documentos necessários:

 Cópias do CPF, RG, Diploma e Histórico da Graduação

 Currículo Lattes resumido

 Requerimento de inscrição em disciplina

Divulgação do resultado

Dia: 31/07/2015

INÍCIO DO SEMESTRE LETIVO 2015.2: 03/08/2015 (segunda-feira)

TÉRMINO DO SEMESTRE LETIVO 2015.2: 18/12/2015 (sexta-feira)

Recesso de férias

2 de julho de 2015

Em virtude das férias escolares, a Secretaria do PPGEM encontra-se fechada até 27 de julho, quando haverá a matrícula dos alunos especiais e a ré-matrícula dos alunos regulares. Desejamos boas férias a todos.

OFICINA METODOLOGIA DE ANÁLISE DA REPRESENTAÇÃO AUDIOVISUAL DA DIVERSIDADE SOCIOCULTURAL NA PUBLICIDADE

14 de maio de 2015
oficina Nicolas 20 e 21 maio 2015
A oficina tem como objetivo apresentar a experiência de pesquisa desenvolvida no Grupo Migracom da Universidade Autônoma de Barcelona, coordenado pelo prof. Dr. Nicolás Lorite García, em que serão compartilhados e analisados casos de anúncios/campanhas em que haja a representação/construção da diversidade na publicidade. A proposta metodológica é uma das bases do suporte analítico do projeto de pesquisa internacional “PUBLICIDADE, PROPAGANDA, ALTERIDADE E CIDADANIA: ESTRATÉGIAS TRANSMETODOLÓGICAS DE ANÁLISE DA DIVERSIDADE NOS CONTEXTOS DE MUDANÇA ECONÔMICA E SOCIAL DO BRASIL E DA ESPANHA” (PROGRAMA CAPES/DGPU nº 40/2014), desenvolvido pelos grupos de pesquisa PROCESSOCOM (UNISINOS), MIGRACOM (UAB) e PRAGMA (UFRN). O conhecimento adquirido poderá ser aplicado a qualquer forma de audiovisual no campo da comunicação.
Público-alvo: Discentes e docentes da Pós-Graduação em Estudos da Mídia e da graduação em Comunicação Social da UFRN.
Número de vagas: 35 vagas.
Data e horário: Quarta-feira, 20 de maio de 2015 – 9h-12.
Quinta-feira, 21 de maio de 2015, 9h-12h.
Local: Auditório C do CCHLA

Nicolás Lorite García é Professor Titular de Comunicação e Informação Audiovisual do Departamento de Publicidade, Relações Públicas e Comunicação da Universidade Autônoma de Barcelona. Coordenador do Grupo de Pesquisa Migracom/UAB.

Oficina de jornalismo trasmídia

8 de maio de 2015
11188496_10206643711635146_3985999315520391356_n
Oficina de jornalismo trasmídia
Professor: Denis Renó
Jornalista e documentarista, possui Mestrado (2006) e Doutorado em Comunicação Social pela Universidade Metodista de São Paulo (2010) e graduação em Jornalismo pela Universidade do Vale do Paraíba (2003). Desenvolveu sua dissertação de Mestrado sobre Produção e Exibição de Cinema Documentário na Internet (financiado pela CAPES – Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), sob a orientação do prof. Dr. Sebastião Carlos de Morais Squirra, e sua tese de Doutorado em Comunicação Social no programa de pós-graduação da Universidade Metodista de São Paulo, onde pesquisou sobre Linguagens para o Cinema Documentário Interativo (financiado pela CAPES – Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), sob a orientação da profa Dra Elizabeth Moraes Gonçalves.. Desenvolveu sua pesquisa de pós-doutorado na Universidade Complutense de Madri (Espanha), com o tema “Jornalismo Transmídia: Um estudo sobre a produção de reportagens para mídias digitais”, sob a supervisão do prof Dr Jesus Miguel Flores Vivar.Desenvolveu outra pesquisa de pós-doutorado a Universidade de Aveiro (Portugal), com o tema “Touch Journalism: Linguagens para hiperjornalismo em dispositivos móveis”, sob a supervisão do professor Dr. Fernando Ramos. Tem experiência profissional na área de Comunicação, com ênfase em Audiovisual e Jornalismo Eletrônico, atuando principalmente nos seguintes temas: comunicação e estudos de mídia, jornalismo, internet, interatividade e televisão, assim como em produções audiovisuais do gênero documentário. É professor assistente doutor do curso de Jornalismo da Universidade Estadual Paulista – Unesp, onde ministra as disciplinas telejornalismo I e II, e professor permanente do Programa de Mestrado em Jornalismo da Universidade Estadual de Ponta Grossa (Ponta Grossa, Brasil), professor visitante do Programa de Comunicação Social da Universidade de Santiago de Compostela (Santiago de Compostela, Espanha), professor visitante do curso de Jornalismo e Opinião Pública da Universidade do Rosario (Bogotá, Colômbia) e professor colaborador honorífico da Universidade Complutense de Madri, onde participa do grupo de pesquisa MidaLab. Como pesquisador, atua no desenvolvimento de pesquisas sobre Comunicação, Jornalismo, Narrativa Transmídia, Cinema interativo, Narrativas Audiovisuais e Novas Tecnologias Digitais. É membro-associado da Media Ecology Association, participa do núcleo de pesquisa em Conteúdos Digitais e Convergência Tecnológica da Intercom, é co-fundador das redes internacionais ICE – Informação, Comunicação e Educação e da Red Transmediaticos. É autor de 80 artigos científicos publicados em revistas do Brasil, Espanha, México, Portugal, Colômbia, Peru, Polônia e Paraguai. É autor de 4 livros publicados em Espanha e autor de 24 capítulos de livro publicados em Brasil, Espanha, Equador, Colômbia, Peru e Portugal. Foi autor de conferencias em Brasil, Estados Unidos, Portugal, Colômbia, Espanha, Equador, México, Peru e Argentina.
Ementa: Os processos comunicacionais vivem momentos de mudanças expressivas, especialmente no campo da linguagem. Tais modificações, provocadas a partir da internet e intensificadas com a web 2.0, alcançaram o jornalismo e provocam alterações no fluxo de produção, na composição das redações. Porém, a mais marcante alteração está na narrativa, agora denominada (e definida como) transmídia. Essa oficina propõe, a partir de uma introdução teórica, a prática da produção de reportagens transmídia, tomando como princípio conceitual o estudo apresentado por Renó e Flores (2012). Espera-se, com a realização dessa atividade, capacitar novos profissionais para esse campo em expansão.
Público: alunos e professores de jornalismo; profissionais de jornalismo.
Metodologia:
- Aulas expositivas para conceitualizar as novas narrativas a partir de um resgate histórico e teórico.
- Capacitação tecnológica e estética para a produção de reportagens
- Desenvolvimento de reportagens transmídia
Programação:
26/05: A narrativa comunicacional – da Gazzetta ao Jornalismo transmídia
- Aula expositiva, com duraçao de quatro horas.
27/05: Roteiros e estéticas para o Jornalismo transmídia
- Aula expositiva e atividade prática.
28/05: Produção e publicação de reportagens transmídia
- Atividade laboratorial.
Recursos:
- Laboratório com computadores conectados à internet
- Dispositivos móveis (fornecidos pelos participantes).
Bibliografia (leitura prévia):
RENÓ, Denis; FLORES, Jesús. Periodismo transmedia. Madri: Fragua, 2012.
As inscrições serão abertas pela Sigaa na próxima semana.

Obs: o livro será enviado em arquivo digital com duas semanas de antecedência do início das atividades.

Palestra Epistemologias do sul e Vertente Transmetodológica no campo da comunicação

30 de abril de 2015

Palestra Efendy Maldonado 4mai15

Editora Sulina e EdUFRN publicam novo livro de Sebastião Guilherme Albano

27 de abril de 2015
image001

O livro que ora se apresenta tem como finalidade dar conta dos processos relativos à mídia na modernidade latino-americana e sua transição para a contemporaneidade, que o autor ainda resiste em chamar de pós-modernidade, não obstante admita a reforma recente de certos parâmetros cognitivos e da sensibilidade. Com a crescente ingerência dos dispositivos técnicos de comunicação no cotidiano do ser humano e em sua vertente como cidadão, os textos que se alinham no compêndio tratam de observar fenômenos que marcaram a atuação dos meios na região em consonância com a formação de outras instituições modernas, tais como a escola, o mercado capitalista, o cinema e a literatura. Com uma visão que faz convergir discursos e organizações, que vincula dependência, subdesenvolvimento, democracia, leis de mídia, Consenso de Washington, world cinema, estudos latino-americanos, regimes estéticos, tradição e ruptura, entre outros tópicos, Sebastião Guilherme Albano oferece uma perspectiva renovada dos aspectos que dão sentido às sociedades modernas e contemporâneas.
Se cada artigo tem uma hipótese central, todos eles seguem na direção de que o capitalismo se tornou um sistema de civilização e não apenas um sistema econômico, o que talvez vá ao encontro de teses de autores como Antonio Negri. Dizemos isso porque, se o marco de organização da economia consegue articular e desdobrar sua influência em instituições que antes se ocultavam em atividades consideradas meramente políticas, hoje esse ardil não é mais provável. Política, economia e cultura se tornam um mesmo fenômeno a se alternar na produção de sentido da vida cotidiana.
Confira a fanpage da Editora Sulina www.facebook.com/editorasulina

ISBN: 978-85-205-0725-4
Categoria: Sociologia , Comunicação, Cultura e Mídia
Edição: 1ª – 2015
Formato: 14 x 21 cm
Nº de Pag.: 239
Peso: 0,295 Kg
Preço:
R$ 40,00

BIOGRAFIA:

É escritor e professor universitário (Universidade Federal do Rio Grande do Norte), autor do livro é A modernidade representada na América Latina (Natal: EDUFRN, 2009), estudo acerca dos romances São Bernardo, de Graciliano Ramos, e Pedro Páramo, do mexicano Juan Rulfo, de suas adaptações para o cinema e suas relações com as principais forças motoras das sociedades latino-americanas da primeira metade do século XX. Seu último livro é A imaginação revolucionária. Política, cinema e literatura no México (São Paulo: Annablume, 2011), em que pondera as consequências estéticas no cinema e na literatura dos governos revolucionários e pseudorrevolucionários que administraram o aquele país entre 1917 e 2000.

Novo horário do PPGEM

17 de março de 2015

Segunda, Terça, Quinta e Sexta.

13:30 as 17:30

Quarta

07:30 as 11:30