CALENDÁRIO DO PPGEM 2019.2 (TERCEIRA RETIFICAÇÃO)

julho 19th, 2019
  • MATRÍCULAS (ONLINE) PARA ALUNOS REGULARES DA UFRN: 22 a 26/07/2019  no SIGAA (www.sigaa.ufrn.br).
  • PERÍODO DE VALIDAÇÃO DAS MATRÍCULAS PELOS PROFESSORES ORIENTADORES: 29/07 até 02/08/2019.
  • PERÍODO DE INSCRIÇÃO PARA A SELEÇÃO DE ALUNOS ESPECIAIS: 22 a 26/07/2019, das 08h às 17h, na Secretaria do PPGEM (prédio do DECOM).

OBSERVAÇÃO: O candidato poderá se inscrever em mais de uma disciplina, mas deverá apresentar Requerimento e Currículo Lattes para cada inscrição. O número de vagas para alunos especiais será de, no máximo, 20% das vagas preenchidas pelos alunos regulares. Os documentos necessários são:

  • Requerimento (disponibilizado no site);
  • Cópia da Carteira de Identidade e do CPF;
  • Cópia do Diploma e do Histórico Escolar da graduação;
  • Cópia do Currículo Lattes resumido.
  • RESULTADO DOS ALUNOS ESPECIAIS SELECIONADOS: 05 de agosto de 2019, no site www.cchla.ufrn.br/ppgem;
  • PERÍODO DE MATRÍCULA DOS ALUNOS ESPECIAIS SELECIONADOS: 06 a 09 de agosto de 2019.
  • PERÍODO DE REMATRÍCULA ALUNOS REGULARES: 26 a 28 de agosto.
  • INÍCIO DO SEMESTRE LETIVO 2019.2: 05 de agosto de 2019.
  • ÚLTIMO DIA PARA TRANCAMENTO DE DISCIPLINAS (no SIGAA): 30 de setembro de 2019.
  • TÉRMINO DO SEMESTRE LETIVO 2019.2: 29/11/2019.

DETALHAMENTO DAS DISCIPLINAS:

PEM0010 – TÓPICOS EM COMUNICAÇÃO MIDIÁTICA 1 – LITERATURA, MÍDIA E DIREITOS HUMANOS

Dia/hora: segundas-feiras das 14h55 às 17h40 (2T345)

OPTATIVA PARA MESTRADO E DOUTORADO

Profs.: Angela Pavan e Socorro Veloso

Carga horária: 45h

Créditos: 03

Ementa: Com o apoio de produções literárias e de distintos enfoques teóricos e metodológicos associados ao campo da literatura e das mídias, propõe-se o debate em torno da multiplicidade de experiências narrativas, bem como de seus desdobramentos (obras de ficção e não ficção, histórias de vida, projetos coletivos, produções no ambiente digital, narrativas audiovisuais, entre outros) visando à compreensão do complexo cenário social, cultural e político nos quais essas experiências se encontram – e se confrontam.

PEM0001 – TEORIAS DA COMUNICAÇÃO MIDIÁTICA

Dia/hora: terças-feiras das 13:50 às 17:40 (3T2345)

OBRIGATÓRIA PARA MESTRADO E DOUTORADO (para alunos ingressos em 2019.1)

Profs.: Juciano Lacerda e Michael Hanke

Carga horária: 60h

Créditos: 04

Ementa: Conceitos de Mídia. Lógicas, suportes, materialidades, convergências e dispositivos midiáticos. Perspectivas dos estudos das mídias na contemporaneidade. Práticas e sociabilidades nos processos midiáticos. Paradigmas, modelos e processos em construção.

PEM0006 – ESTUDOS DE MÍDIA E PRODUÇÃO DE SENTIDO

Dia/hora: quartas-feiras das 13:00  às 15:45 (4T123)

OBRIGATÓRIA PARA MESTRADO E DOUTORADO DA LINHA DE PRODUÇÃO DE SENTIDO (para alunos ingressos em 2019.1)

Profs.: Josenildo Bezerra e Luciana Miranda

Carga horária: 45h

Créditos: 03

Ementa: A mídia enquanto instituição social. Interrelacionar as práticas midiáticas com os processos de significação socioculturais. Articular o equilíbrio entre a representação que a mídia faz das identidades locais, regionais, nacionais e globais e as noções de espaço público.

PEM0007 – ESTUDOS DE MÍDIA E PRÁTICAS SOCIAIS

Dia/hora: quartas-feiras das 15:45 às 18h30 (4T456)

OBRIGATÓRIA PARA MESTRADO E DOUTORADO DA LINHA DE PRÁTICAS SOCIAIS (para alunos ingressos em 2019.1)

Profs.: Itamar Nobre e Sebastião Albano

Carga horária: 45h

Créditos: 03

Ementa: Contribuição das Ciências Sociais para a compreensão das práticas midiáticas na sociedade contemporânea, com ênfase no exame dos processos midiáticos. Construção de identidades. Espaço público. Mídia e construção da realidade social. Organização jurídico-políticae ecômicados sistemas midiáticos. Iniciativas e respostas sociais de interação com as mídias.

PEM0012 - TÓPICOS EM COMUNICAÇÃO MIDIÁTICA 3 – POLÍTICAS DE COMUNICAÇÃO NOS TEMPOS DE CÓLERA

Dia/hora: quintas-feiras das 13h às 15h45 (5T123)

OPTATIVA PARA MESTRADO E DOUTORADO

Profs.: Janaíne Aires e Suzy dos Santos

Carga horária: 45h

Créditos: 03

Ementa: A verve crítica de Garcia Márquez ao narrar a vida política nos serve como dupla inspiração. Por um lado, sua farta produção jornalística está repleta de exemplos que remetem com facilidade ao berço das nossas elites – patriarcal-patrimonialista – e seu modus operandi – clientelista, colonizado – e, por outro lado, a longa jornada até a travessia final para o amor de Fermina e Florentino, no romance O amor nos tempos do cólera, nos serve de analogia para o estudo das complexas relações que se estabelecem entre os sistemas midiático e político na construção das políticas de comunicação no contexto capitalista dos países periféricos. O longo rito da travessia, permeado por intervenções estruturais ou por impactos conjunturais, inspira a pensar uma linha narrativa das políticas de comunicação na história política nacional no último século. Começando na implantação do rádio, no contexto das duas grandes guerras do século XX, passando pelos longos períodos autoritários e chegando ao atual contexto de desdemocratização global, pretendemos estudar a economia política da comunicação, em particular da radiodifusão aberta, analisando suas lógicas estruturais, processos de mercantilização e suas dinâmicas de espacialidade no Brasil. A base essencial será a discussão das possibilidades metodológicas, de coletas de dados e do marco conceitual do projeto de pesquisa Coronelismo Eletrônico: dinâmicas assimétricas de poder e negociação, desenvolvido pelo grupo de pesquisa Políticas e Economia da Informação e da Comunicação como parte dos resultados finais da pesquisa.

PEM0011 – TÓPICOS EM COMUNICAÇÃO MIDIÁTICA 2 – IMAGEM, MÍDIA E CRISE DA REPRESENTAÇÃO POLÍTICA

Dia/hora: quintas-feiras das 15:45 às 18:30 (5T456)

OPTATIVA PARA MESTRADO E DOUTORADO

Profs.: Adriano Cruz

Carga horária: 45h

Créditos: 03

Ementa: A midiatização da política; Crises políticas, a Operação Lava Jato e a cobertura da mídia; Mídias sociais, fake news e pós-verdade no Brasil; O jornalismo político e a desconfiança na democracia contemporânea; Propaganda política, ciberativismos e (des)construção da imagem pública.



SEMINÁRIOS EM COMUNICAÇÃO – RAÇA COMO CATEGORIA ANALÍTICA NOS ESTUDOS DA MÍDIA

Dia/hora: 02/09 a 06/09 – 09h às 12h

OPTATIVA PARA MESTRADO E DOUTORADO

Profa.: Denise Carvalho

Carga horária: 15h

Créditos: 01

Ementa: Historicização e reconhecimento da raça como categoria analítica nos estudos da mídia. Compreensão dos conceitos de racismo, preconceito e discriminação no âmbito da análise das narrativas midiáticas. Apropriação do referencial teórico dos estudos de raça e de sua representação nas diversas esferas da comunicação midiática. A categoria de raça nos processos de desigualdades identificadas nos estudos da mídia.

Calendário PPGEM 2019.2 (RETIFICADO)

EXPEDIENTE DA SECRETARIA DO PPGEM NO PERÍODO DE RECESSO

julho 2nd, 2019
Informamos que, entre 01/07/2019 (segunda) e 05/07/2019 (sexta), a Secretaria do PPgEM funcionará das 07h30 às 16h.
E no período de 08/07/2019 a 18/07/2019, em razão das férias da Secretária do PPgEM, o expediente será das 12h às 16h.
Boas férias!

Calendário do PPgEM 2019.2 (SEGUNDA RETIFICAÇÃO)

junho 28th, 2019

  • MATRÍCULAS (ONLINE) PARA ALUNOS REGULARES DA UFRN: 22 a 26/07/2019  no SIGAA (www.sigaa.ufrn.br).
  • PERÍODO DE VALIDAÇÃO DAS MATRÍCULAS PELOS PROFESSORES ORIENTADORES: 29/07 até 02/08/2019.
  • PERÍODO DE INSCRIÇÃO PARA A SELEÇÃO DE ALUNOS ESPECIAIS: 22 a 26/07/2019, das 08h às 17h, na Secretaria do PPGEM (prédio do DECOM).

OBSERVAÇÃO: O candidato poderá se inscrever em mais de uma disciplina, mas deverá apresentar Requerimento e Currículo Lattes para cada inscrição. O número de vagas para alunos especiais será de, no máximo, 20% das vagas preenchidas pelos alunos regulares. Os documentos necessários são:

  • Requerimento (disponibilizado no site);
  • Cópia da Carteira de Identidade e do CPF;
  • Cópia do Diploma e do Histórico Escolar da graduação;
  • Cópia do Currículo Lattes resumido.
  • RESULTADO DOS ALUNOS ESPECIAIS SELECIONADOS: 05 de agosto de 2019, no site www.cchla.ufrn.br/ppgem;
  • PERÍODO DE MATRÍCULA DOS ALUNOS ESPECIAIS SELECIONADOS: 06 a 09 de agosto de 2019.
  • PERÍODO DE REMATRÍCULA ALUNOS REGULARES: 26 a 28 de agosto.
  • INÍCIO DO SEMESTRE LETIVO 2019.2: 05 de agosto de 2019.
  • ÚLTIMO DIA PARA TRANCAMENTO DE DISCIPLINAS (no SIGAA): 30 de setembro de 2019.
  • TÉRMINO DO SEMESTRE LETIVO 2019.2: 29/11/2019.

DETALHAMENTO DAS DISCIPLINAS:

PEM0010 – TÓPICOS EM COMUNICAÇÃO MIDIÁTICA 1 – LITERATURA, MÍDIA E DIREITOS HUMANOS

Dia/hora: segundas-feiras das 14h55 às 17h40 (2T345)

OPTATIVA PARA MESTRADO E DOUTORADO

Profs.: Angela Pavan e Socorro Veloso

Carga horária: 45h

Créditos: 03

Ementa: Com o apoio de produções literárias e de distintos enfoques teóricos e metodológicos associados ao campo da literatura e das mídias, propõe-se o debate em torno da multiplicidade de experiências narrativas, bem como de seus desdobramentos (obras de ficção e não ficção, histórias de vida, projetos coletivos, produções no ambiente digital, narrativas audiovisuais, entre outros) visando à compreensão do complexo cenário social, cultural e político nos quais essas experiências se encontram – e se confrontam.

PEM0001 – TEORIAS DA COMUNICAÇÃO MIDIÁTICA

Dia/hora: terças-feiras das 13:50 às 17:40 (3T2345)

OBRIGATÓRIA PARA MESTRADO E DOUTORADO (para alunos ingressos em 2019.1)

Profs.: Juciano Lacerda e Michael Hanke

Carga horária: 60h

Créditos: 04

Ementa: Conceitos de Mídia. Lógicas, suportes, materialidades, convergências e dispositivos midiáticos. Perspectivas dos estudos das mídias na contemporaneidade. Práticas e sociabilidades nos processos midiáticos. Paradigmas, modelos e processos em construção.

PEM0006 – ESTUDOS DE MÍDIA E PRODUÇÃO DE SENTIDO

Dia/hora: quartas-feiras das 13:00  às 15:45 (4T123)

OBRIGATÓRIA PARA MESTRADO E DOUTORADO DA LINHA DE PRODUÇÃO DE SENTIDO (para alunos ingressos em 2019.1)

Profs.: Josenildo Bezerra e Luciana Miranda

Carga horária: 45h

Créditos: 03

Ementa: A mídia enquanto instituição social. Interrelacionar as práticas midiáticas com os processos de significação socioculturais. Articular o equilíbrio entre a representação que a mídia faz das identidades locais, regionais, nacionais e globais e as noções de espaço público.

PEM0007 – ESTUDOS DE MÍDIA E PRÁTICAS SOCIAIS

Dia/hora: quartas-feiras das 15:45 às 18h30 (4T456)

OBRIGATÓRIA PARA MESTRADO E DOUTORADO DA LINHA DE PRÁTICAS SOCIAIS (para alunos ingressos em 2019.1)

Profs.: Itamar Nobre e Sebastião Albano

Carga horária: 45h

Créditos: 03

Ementa: Contribuição das Ciências Sociais para a compreensão das práticas midiáticas na sociedade contemporânea, com ênfase no exame dos processos midiáticos. Construção de identidades. Espaço público. Mídia e construção da realidade social. Organização jurídico-políticae ecômicados sistemas midiáticos. Iniciativas e respostas sociais de interação com as mídias.

PEM0012 - TÓPICOS EM COMUNICAÇÃO MIDIÁTICA 3 – POLÍTICAS DE COMUNICAÇÃO NOS TEMPOS DE CÓLERA

Dia/hora: quintas-feiras das 13h às 15h45 (5T123)

OPTATIVA PARA MESTRADO E DOUTORADO

Profs.: Janaíne Aires e Suzy dos Santos

Carga horária: 45h

Créditos: 03

Ementa: A verve crítica de Garcia Márquez ao narrar a vida política nos serve como dupla inspiração. Por um lado, sua farta produção jornalística está repleta de exemplos que remetem com facilidade ao berço das nossas elites – patriarcal-patrimonialista – e seu modus operandi – clientelista, colonizado – e, por outro lado, a longa jornada até a travessia final para o amor de Fermina e Florentino, no romance O amor nos tempos do cólera, nos serve de analogia para o estudo das complexas relações que se estabelecem entre os sistemas midiático e político na construção das políticas de comunicação no contexto capitalista dos países periféricos. O longo rito da travessia, permeado por intervenções estruturais ou por impactos conjunturais, inspira a pensar uma linha narrativa das políticas de comunicação na história política nacional no último século. Começando na implantação do rádio, no contexto das duas grandes guerras do século XX, passando pelos longos períodos autoritários e chegando ao atual contexto de desdemocratização global, pretendemos estudar a economia política da comunicação, em particular da radiodifusão aberta, analisando suas lógicas estruturais, processos de mercantilização e suas dinâmicas de espacialidade no Brasil. A base essencial será a discussão das possibilidades metodológicas, de coletas de dados e do marco conceitual do projeto de pesquisa Coronelismo Eletrônico: dinâmicas assimétricas de poder e negociação, desenvolvido pelo grupo de pesquisa Políticas e Economia da Informação e da Comunicação como parte dos resultados finais da pesquisa.

PEM0011 – TÓPICOS EM COMUNICAÇÃO MIDIÁTICA 2 – IMAGEM, MÍDIA E CRISE DA REPRESENTAÇÃO POLÍTICA

Dia/hora: quintas-feiras das 15:45 às 18:30 (5T456)

OPTATIVA PARA MESTRADO E DOUTORADO

Profs.: Adriano Cruz

Carga horária: 45h

Créditos: 03

Ementa: A midiatização da política; Crises políticas, a Operação Lava Jato e a cobertura da mídia; Mídias sociais, fake news e pós-verdade no Brasil; O jornalismo político e a desconfiança na democracia contemporânea; Propaganda política, ciberativismos e (des)construção da imagem pública.

CALENDÁRIO PPGEM 2019.2 (RETIFICADO)

Conferência de Abertura da ALCAR

junho 18th, 2019

thumbnail (1)

No primeiro dia do evento, 19/06, a solenidade de abertura será iniciada às 19h30, e contará com a conferencia de abertura titulada “Entre memória e esquecimento: as temporalidades da história, das mídias e das experiências”, ministrada por Roger Chartier. Nascido em 1945, na França, o historiador Roger Chartier que estuda a história da cultura, do livro e da leitura na Europa, com ênfase nas práticas culturais da humanidade, confere sua palestra às 20h na próxima quarta-feira (19) no Auditório das Aves – Centro de Biologia da UFRN – Natal). Chartier tem se interessado também pelos efeitos da revolução digital, entre outras temáticas, por isso mesmo tem sido bastante requisitado pelos estudiosos das tecnologias digitais. O teórico francês é considerado importante por ter trazido inovação nos estudos de história cultural, inovações estas que permitiram novas possibilidades teóricas, assim como novas maneiras de ler e fazer a história.

CADERNO DE PROGRAMAÇÃO ALCAR 2019


UFRN recebe o XII Encontro Nacional de História da Mídia

junho 18th, 2019

ALCAR 2019A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) recebe, entre os dias 19 e 21 de junho, o XII Encontro Nacional de História da Mídia, com o tema A Mídia e os Estratos do Tempo: memória, presente e futuros da mídia. O evento tem, na organização local, a participação dos professores do Departamento de Comunicação da UFRN, Valquiria Kneipp e Daniel Meirinho. Informações sobre inscrições, submissão de artigos e grupos de trabalho estão disponíveis no site http://www.cchla.ufrn.br/alcar2019.

O evento é realizado pela Associação Brasileira de Pesquisadores de História da Mídia (ALCAR) com o objetivo de reunir investigadores que realizam pesquisas e interligam os campos da História e da Comunicação e que procuram sanar lacunas existentes na historiografia do campo por todo o país. A intenção das instituições realizadoras é proporcionar um ambiente harmonioso para a troca de conhecimento e fortalecer as pesquisas sobre história da comunicação em todas as suas nuances.

Durante três dias serão debatidas temáticas relacionadas às práticas comunicacionais e midiáticas e suas relações com a construção da memória e da história do campo, e com os processos deontológicos, que marcam cada uma das áreas envolvidas. Na programação consta debates sobre a Comunicação e Movimentos Sociais – panorama histórico contemporâneoe ainda Contribuições de José Marques de Melo ao campo da Comunicação.

Em 2019, o Encontro contará com nove Grupos Temáticos (GTs) que se distribuem em: História do Jornalismo; História da Publicidade e da Comunicação Institucional; História da Mídia Digital; História da MídiaImpressa; História da Mídia Sonora; História das Mídias Audiovisuais; História da Mídia Visual; História da Mídia Alternativa e Historiografia da Mídia.

O último encontro nacional reuniu 468 participantes de todas as regiões brasileiras, além de pesquisadores de Portugal e França. Na ocasião foram apresentados 306 artigos, um total de 486 autores, distribuídos em 46 sessões temáticas. Esta é a terceira vez que o evento é realizado em uma cidade do Nordeste. A primeira vez foi em São Luís (MA), em 2006; e a segunda na cidade de Fortaleza (CE), em 2009.

Ciclo de Palestras – O Audiovisual como forma de conhecimento: desafios e sinergias entre cientistas e comunicadores para divulgação da ciência

maio 17th, 2019

divugacao_palestra_creav_29mai19

O Ciclo de Palestras de cooperação técnica internacional, promovido pelo Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (LAIS/UFRN), apresenta o trabalho desenvolvido pelo Centro de Apoyo a la Investigación de Creación de Contenidos Audiovisuales y Digitales da Universidade Complutense de Madri (CREAV/UCM). Com o tema geral “O Audiovisual como forma de conhecimento: desafios e sinergias entre cientistas e comunicadores para divulgação da ciência”, os pesquisadores do CREAV Prof. Dr. Prof. Dr. José Antonio Jimenez de las Heras (UCM), Profa. Dra. María del Mar Marcos Molano (UCM) e Prof. Dr. Ricardo Jimeno Aranda (UCM) abordarão problemáticas e perspectivas relacionadas à proposição da divulgação científica audiovisual como uma linha específica de pesquisa no campo da comunicação, o diálogo entre a ciência e o campo da comunicação audiovisual em prol da divulgação científica e a relação contemporânea entre ficção, não-ficção e ideologia. O evento é fruto da cooperação técnica e científica internacional desenvolvida no Projeto de Inovação “Sífilis Não!” – Pesquisa Aplicada para Integração Inteligente Orientada ao Fortalecimento das Redes de Atenção para Resposta Rápida à Sífilis (LAIS/SEDIS/NESC/UFRN/OPAS/MS 2018-2021), coordenado pelo Prof. Dr. Ricardo Valentim (LAIS/UFRN) e tem apoio do PPgEM/UFRN. O ciclo de palestras será realizado no dia 29 de maio de 2019, das 19h até as 22h, no Auditório do Instituto Ágora, ao lado do Setor II do CCHLA, no Campus Lagoa Nova, UFRN. As inscrições estarão abertas no sigaa até o dia 28/05/19.

PPgEM realiza II Seminário do PROCAD USP/UFRN/UFMS

abril 9th, 2019
SeminarioProcad2019
O II Seminário do Projeto de Cooperação Acadêmica na Pós-Graduação em Comunicação entre os Programas PPGCOM/USP (Proponente) e PPGEM/UFRN e PPGCOM UFMS (Associadas 1 e 2) aplica a temática da comunicação e das mediações como abordagem teórica para análise de fenômenos das mídias em contextos regionais. As pesquisas que serão apresentadas no evento buscam promover o respeito e a valorização da discussão sobre as produções sociais de sentidos nos diversos âmbitos de ocorrências dos fenômenos midiáticos relacionados aos contextos vividos nas realidades em que os programas de pós-graduação tem sua atuação. Os trabalhos apresentados problematizam as dimensões dos usos midiáticos e lógicas de interação nos contextos de suas apropriações; as dinâmicas e reconfigurações das culturas locais mediadas pelos produtos midiáticos e suas linguagens frente às demandas hegemônicas da globalização em suas manifestações nos locais.
O evento é aberto à toda a comunidade acadêmica e terá conferência de abertura ministrada pela Profa. Dra Dra. Maria Immacolata Vassallo de Lopes (USP), com tema CARTOGRAFIA PARA A PESQUISA COMUNICACIONAL E MEDIAÇÕES DO LOCAL. As mesas do seminário serão realizadas de 15 a 17 de abril de 2019, no Auditório I do Labcom/Decom/UFRN, das 9h-18h. Confira a programação completa e faça sua inscrição clicando aqui ou colando este link na barra de navegação: https://sigaa.ufrn.br/sigaa/link/public/extensao/visualizacaoAcaoExtensao/91811337

Aula Inaugural do semestre letivo 2019.1

abril 1st, 2019

thumbnail

O Programa de Pós-Graduação em Estudos da Mídia – PPgEM convida a todas e todos para a Aula Inaugural do semestre letivo 2019.1, que será ministrada pela professora Ivana Bentes (Eco.Pós – UFRJ) com o tema Futuros Imediatos: a crise das democracias nos cenários comunicacionais.

O evento ocorrerá no dia 08 de abril de 2019, às 19h, no Auditório do AGORA, na UFRN.